Nos ajude nessa causa DOE AGORA
Desiderata lança guia para promover diagnóstico precoce do câncer infantil no Brasil

Desiderata lança guia para promover diagnóstico precoce do câncer infantil no Brasil

Publicação busca sensibilizar gestores públicos, profissionais de saúde e organizações para aumentar as chances de cura de crianças e adolescentes com câncer

No Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil – 23 de novembro – o Instituto Desiderata lançou o guia “Unidos Pela Cura: tecnologia social para promoção do diagnóstico precoce do câncer infantil”. O documento é inspirado na metodologia da experiência do Unidos Pela Cura, aplicada há mais de 15 anos, no Rio de Janeiro. A Fundação do Câncer é parceira do Instituto Desiderata e apoia a divulgação do documento.

O projeto, resultado do trabalho coletivo que envolve gestores públicos, especialistas e sociedade civil, proporcionou grandes avanços na organização de um fluxo ágil de encaminhamento de casos suspeitos de câncer para os centros de referência. Antes do Unidos Pela Cura, o prazo médio entre a identificação dos primeiros sintomas e o início da investigação, no município, era de 60 dias. Hoje, 90% das crianças identificadas com casos suspeitos na atenção primária chegam aos centros especializados em até 3 dias úteis.

“Este guia auxilia na organização de uma rede que garante a suspeição precoce do câncer em crianças e adolescentes e os encaminhe rapidamente para a confirmação ou exclusão do diagnóstico. A partir da experiência com o Unidos Pela Cura no Rio, partimos do princípio de que não é possível implementar uma política eficaz para o tratamento de maneira desintegrada. É preciso envolver todos os atores para que ela funcione”, conta Roberta Costa Marques, diretora executiva do Instituto Desiderata.

Conheça o guia “Unidos Pela Cura: tecnologia social para promoção do diagnóstico precoce do câncer infantil.

Principal causa de morte por doença

O câncer é a principal causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos no Brasil e o diagnóstico precoce é fundamental para seu controle. Além disso, as taxas de mortalidade são muito desiguais entre as diferentes regiões do país.

A elaboração do guia reforça a necessidade de expandir iniciativas como o Unidos Pela Cura e sensibilizar gestores públicos, profissionais da saúde, organizações da sociedade civil e outros interessados em ampliar as chances de cura do câncer infantil no país de maneira mais equânime.

O documento orienta de maneira didática como iniciar a organização de um fluxo ágil para a suspeição e diagnóstico precoce do câncer infantil na sua localidade em apenas 8 passos. O acesso ao tratamento no menor tempo possível é fundamental para aumentar as chances de cura, reduzir o tempo de internação e trazer qualidade de vida aos sobreviventes.

O lançamento do guia é mais um passo para sensibilizar outros territórios no Brasil e tornar o trabalho do Unidos Pela Cura uma referência para a política do SUS de promoção do diagnóstico precoce e tratamento do câncer infantojuvenil.

Clique aqui para conhecer e baixar o guia “Unidos Pela Cura: tecnologia social para promoção do diagnóstico precoce do câncer infantil.