polen
Nos ajude nessa causa DOE AGORA

VEJA COMO FOI O PRIMEIRO DIA DO EVENTO!

Teve início na quarta-feira, 04 de novembro de 2020, o XIV Simpósio de Oncobiologia. Pela primeira vez em sua história – em função da pandemia de Covid-19 e a necessidade de isolamento social – o evento acontece 100% online. Este ano, a versão virtual mantém a grade de programação habitual do evento com palestras, de renomados especialistas do Brasil e do exterior, e apresentação de trabalhos, em diferentes áreas de estudo da Biologia do câncer, na forma oral e de pôster.

Buscando inovar e se adaptar a esta nova realidade, nesta 14ª edição, contando novamente com o patrocínio da Fundação do Câncer, o Simpósio de Oncobiologia trouxe nova identidade visual (logomarca), um inédito website e uma plataforma exclusiva de inscrições, submissão de trabalhos e apresentação de pôsters – agora chamados de E-posters. O evento teve, também, transmissão ao vivo das palestras, em ambiente virtual fechado (somente para inscritos no evento), preservando o sigilo e a confidencialidade das pesquisas apresentadas.

Abertura do evento online

Dr. Alfredo Scaff, epidemiologista e consultor médico da Fundação do Câncer, representou a instituição, deu as boas-vindas aos participantes e organizadores do XIV Simpósio de Oncobiologia e ressaltou a importância do evento para a difusão do conhecimento sobre a biologia do câncer.

Scaff também usou sua fala para homenagear duas grandes personalidades que faleceram este ano deixando suas importantíssimas contribuições para a ciência brasileira por meio do Programa de Oncobiologia da UFRJ: Dr. Marcos Moraes, fundador da Fundação do Câncer e um dos criadores do Programa, e Dr. Franklin Rumjanek, diretor científico e coordenador de um dos grupos de pesquisa do Programa de Oncobiologia. No encerramento do evento, na sexta-feira (06/11), haverá uma homenagem a estes dois brilhantes cientistas.

Trio de Palestras

O Dr. Janusz Rak, pesquisador sênior da McGill University (Montreal, Canadá), especialista no estudo do papel de vesículas extracelulares na biologia tumoral, ministrou a palestra de abertura do evento e apresentou estudos em andamento que exploram as implicações biológicas, terapêuticas e diagnósticas da rede de comunicação célula-célula mediada por vesículas extracelulares (Ev), alteradas sob a influência das vias de transformação celular no câncer.

A palestra de abertura do XIV Simpósio de Oncobiologia foi um sucesso! E suscitou muitas perguntas e elogios. Robson Monteiro (UFRJ), coordenador do Programa de Oncobiologia, foi o moderador das palestras da parte manhã, neste primeiro dia de evento. Com jogo de cintura para lidar com imprevistos na transmissão ao vivo e sempre atento às perguntas formuladas pelos chat, fez a moderação entre os palestrantes e a plateia virtual do evento.

Na sequência, o Dr. Luiz Henrique Medeiros Geraldo apresentou os resultados de sua tese de doutorado premiada no Programa de Pós-graduação em Ciências Morfológicas do ICB-UFRJ. A tese, que faz um estudo minucioso do microambiente tumoral, em particular, do glioblastoma, foi desenvolvida em período sanduíche no Laboratório da Profª. Dra. Anne Eichmann, no Paris Cardiovascular Research Center (PARCC – INSERM U970), na França.

Para completar o trio de palestras do primeiro dia do evento, o Dr. Gabriel de Souza Macedo, coordenador do Programa de Medicina Personalizada do Hospital das Clínicas de Porto Alegre, apresentou uma palestra sobre os testes moleculares em Oncologia e o seu impacto na escolha de tratamentos, como a terapia-alvo e a imunoterapia. Além de trazer um overview do que há de mais moderno na aplicação dos biomarcadores na prática clínica, o Dr. Gabriel Macedo também apresentou uma tendência recente de estudo em biomarcadores, que é sua aplicação em biópsia líquida. A palestra contou com a moderação de Gabriela Nestal (Fiocruz).

Apresentação orais mistas

Intercalando a programação de palestras, foram apresentados em uma sessão oral mista os trabalhos selecionados de estudantes de iniciação científica, mestrado e doutorado.

Guilherme Wermelinger, estudante de iniciação científica da UFF, falou sobre a análise fitoquímica das plantas do gênero Piper para avaliar o efeito antitumoral e a determinação da via de morte celular induzida pelos compostos em linhagens celulares de câncer bucal.

Pedro Carvalho, mestrando do INCA, apresentou um estudo sobre o linfoma difuso de grandes células B (DLBCL), que é considerado um dos cânceres mais comuns em indivíduos HIV +, buscando identificar biomarcadores de HPV.

Aline Leonardo, aluna de doutorado da UFRJ, abordou estratégias alternativas para tratar o glioblastoma (GBM, um astrocitoma grau IV), o tumor mais agressivo do Sistema Nervoso Central.

As apresentações foram gravadas em vídeo e, ao vivo, os pesquisadores responderam às perguntas da plateia, formuladas pelo mediador da sessão oral, Martin Bonamino (Fiocruz).

Em virtude de alguns problemas técnicos no início da transmissão, a sessão oral, que estava prevista para acontecer às 11:30h, foi transferida para o último dia do evento, 06/11, às 10:30h.

Sessão Virtual de Pôsteres

Às 15h teve começou oficialmente a Sessão de Pôsteres (E-poster) do Simpósio de Oncobiologia. Nesta versão online, ao invés de banners impressos e aglomeração nos corredores, a Sessão de Pôsteres está sendo feita através de uma plataforma virtual, completamente interativa. Esse ano, além dos resumos e dos pôsteres, o evento conta também com vídeos dos autores apresentando os seus trabalhos científicos.

Nesta edição, o Simpósio de Oncobiologia traz a apresentação de 110 trabalhos, divididos em 8 áreas temáticas. Na plataforma de E-poster é possível fazer buscas por autor, título do trabalho, palavras-chave, categoria e área temática, bem como também enviar perguntas, elogios e sugestões para os autores.

A plataforma de E-poster já está no ar há alguns dias e pode ser acessada livremente por todos participantes do evento. No período da programação dedicado ao E-poster, há uma interação maior, pois os autores permanecem online para responder, em tempo real, às perguntas recebidas pelo chat. O bate-papo fica totalmente registrado na plataforma, abaixo de cada trabalho. Para o participante, é como se ele fosse onipresente, pois consegue ficar a par das discussões de todos os pôsteres, algo impossível em um evento presencial.

O Simpósio de Oncobiologia continua nesta quinta-feira e terá intensa programação, com encerramento programado para a sexta-feira (06/11), quando ocorrerá a premiação dos trabalhos inscritos.

Plataforma de E-poster:
https://proceedings.science/xiv-so-2020

Plataforma de transmissão ao vivo
https://simponco2020.evon247.com.br

Site do evento:
https://www.simposiooncobiologia.com.br

Fonte: Núcleo de divulgação do Programa de Oncobiologia

Compartilhe