Dia Mundial de Combate Contra o Câncer – 2013 | Fundação do Câncer
DOE AQUI

Dia Mundial de Combate Contra o Câncer – 2013

O dia 4 de fevereiro é o Dia Mundial Contra o Câncer. Em 2013, a Fundação do Câncer, juntamente ao UICC, realizou uma campanha no Facebook com a finalidade de conscientizar a população sobre mitos e verdades a respeito do câncer. Incluído no grupo das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs), o câncer é um grande desafio em todo o mundo. A data foi escolhida pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), instituição da qual a Fundação do Câncer é membro.

Dados e evidências apontam, há algum tempo, que o câncer não é uma questão apenas de saúde. Ele afeta a vida social e econômica de pacientes e familiares, com os altos custos de tratamento, levando muitas vezes à redução dos rendimentos.

Aproximadamente 50% dos casos de câncer diagnosticados em países em desenvolvimento ocorrem em pessoas com menos de 65 anos de idade, comprometendo, em longo prazo, o desenvolvimento econômico dos países.

Sem distinção de classe social, credo ou etnia, o câncer se configura em uma epidemia de larga escala, que culmina em um grande ônus para o sistema de saúde. No entanto, seu impacto é mais fortemente sentido nos países de baixa renda, onde acomete mais vítimas que doenças como a AIDS, a tuberculose e a malária juntas. Estima-se que, em 2013, de 60% a 70% dos novos casos de câncer eclodam em nações em desenvolvimento.

Está comprovado que investir em programas de prevenção para promover um estilo de vida saudável (cancer.org.br/sobre-cancer) ajuda a prevenir um terço dos tipos de câncer mais comuns.

De acordo com a UICC, os custos de tratamentos de câncer deverão alcançar 458 bilhões de dólares, por ano, globalmente, em 2030, enquanto a prevenção de seus principais fatores de risco (tabaco e álcool, dietas não saudáveis e inatividade física) custaria 2 bilhões de dólares anuais.

Engajada na captação de recursos para a redução dos problemas gerados pelos altos índices de câncer no Brasil, a campanha idealizada pela Fundação do Câncer contou com a produção de 5 imagens informativas e uma capa, disparadas no Facebook. A postagem do dia 2 de fevereiro, que desmitifica a ideia de que o câncer é uma sentença de morte, obteve o recorde de 1.404 compartilhamentos.