Ativistas do controle do tabagismo participam de mobilização em pedalada por uso consciente do carro e qualidade de vida | Fundação do Câncer
DOE AQUI

Ativistas do controle do tabagismo participam de mobilização em pedalada por uso consciente do carro e qualidade de vida

Notícias

No próximo domingo, 18, no passeio ciclístico da campanha Um Dia sem Carro do Aterro do Flamengo à Praia de Botafogo, um pelotão vai vestir a camisa do combate ao tabagismo. Os ciclistas percorrerão, a partir das 9h, o trajeto com a camiseta da campanha #LimiteTabaco, parceria entre a Aliança de Combate ao Tabagismo (ACT) e a Fundação do Câncer que propõe limites mais rígidos às ações da indústria de cigarros.
 
Os participantes da pedalada que quiserem se juntar à ação e ajudar a promover as duas causas, devem entrar em contato com a ACT até as 18h de sexta-feira e retirar as camisetas da campanha no sábado – em Copacabana – ou no domingo, no local da concentração do evento. A camiseta é gratuita e tem número limitado. Telefones para contato: (21) 2255 0520 (horário comercial, com Daniela); cel (21) 7870 1908 (nextel) – ID 55*9*33513.
 
Campanhas – A campanha #LIMITETABACO propõe limites mais rígidos às ações da indústria do tabaco para atrair jovens e adolescentes ao consumo do cigarro, como a propaganda de cigarros nos pontos de venda e a adição de aromas e sabores ao cigarro com o objetivo de tornar o gosto mais agradável. Saiba mais e participe: limitetabaco.org.br
 
O evento UM DIA SEM CARRO, promovido pela Federação de Ciclismo do Estado do Rio (http://www.fecierj.org.br), tem como objetivo conscientizar e incentivar a população a diminuir a utilização do automóvel e assim, amenizar a poluição, desafogar o trânsito e melhorar o bem-estar das pessoas.
 
 Serviço – UM DIA SEM CARRO
 
Data: 18 de setembro de 2011, domingo
 
Local Concentração: MAM – Museu de Arte Moderna – Avenida Infante Dom Henrique 85, (Aterro do Flamengo) Rio de Janeiro.
Hora da concentração: 8h
Hora da largada: 9h
Percurso: MAM, Aterro do Flamengo, Enseada de Botafogo, Aterro do Flamengo (Monumento aos Pracinhas)
 
Segurança: 300 pessoas de apoio, cordão de isolamento, ‘caminhões vassoura’ que irão recolher e consertar as bicicletas com defeito, ambulâncias e ciclistas-médicos.
 
Censura livre